Google apresenta novos recursos do Android O

A Google acaba de revelar todos os novos recursos que virão dentro de seu próximo sistema operacional para dispositivos móveis, o Android O – que será a versão 8.0 do sistema. Vale lembrar que o software ainda está em suas fases iniciais de desenvolvimento, e ainda deve levar vários meses para estar pronto para um lançamento ao público em geral.

Prévia para desenvolvedores já está disponível
O site oficial do preview para desenvolvedores do Android O já está no ar, e permite que programadores baixem uma imagem do sistema para rodar em dispositivos de testes – Nexus 5X, 6P, Player, Pixel C, Pixel e Pixel XL. A versão final para consumidores do sistema tem seu lançamento previsto para o 3º trimestre de 2017. Para conferir toda a linha do tempo que a empresa fez para o sistema, clique aqui.

Confira abaixo os novos recursos do sistema operacional:

Limites de segundo plano
Um dos principais objetivos da companhia com o novo sistema é trabalhar em cima das mellhorias do Android 7.0 Nougat e trazer melhorias na duração de bateria dos dispositivos.

Para isso, eles colocaram mais limites automáticos para determinar o que os aplicativos podem fazer em segundo plano. Isso envolve coisas como atualizações de localização e serviços de background.

A Google enfatiza que é importante que os desenvolvedores se familiarizem com os novos limites, e para isso leiam as documentações de limites de execução em background e limites de localização em background que eles publicaram.

Canais de notificação
Os canais de notificação são novas categorias para os conteúdos de notificação, que serão determinadas pelo aplicativo que as está gerando. Para isso, os usuários podem mudar as configurações ou até mesmo bloquear totalmente notificações de um bloco específico, como “tecnologia” ou “social”.

Android O

O novo sistema operacional ainda vai adicionar novos recursos visuais e novas ferramentas de agrupar notificações, para facilitar a visualização por parte dos usuários. Com isso, a equipe do Android espera que fique mais fácil de checar novas mensagens ou ver notificações específicas.

APIs de autocompletar
A plataforma Android vai ganhar suporte a uma API de autofill (autocompletar) – que serve para completar automaticamente campos repetitivos como informações de login e senhas.

Isso quer dizer que os usuários poderão baixar um aplicativo de sua preferência para isso, como já fazem com teclados customizados. De acordo com a companhia, o aplicativo de autofill vai armazenar de maneira segura os dados dos usuários, como enderaços, nomes e até senhas.

Picture-in-picture (PIP) e novos recursos de janela
O recurso Picture-in-picture (PIP) já está disponível para smartphones e tablets, e permite aos usuários continuar assistindo um vídeo ao mesmo tempo em que respondem a uma conversa de chat ou pedem um carro em apps com o Uber.

Novos recursos de janela ainda incluem uma nova janela de sopreposição que os aplicativos podem usar no lugar da janela de alertas do sistema. Ainda há o suporte a multi-display, que permite rodar uma atividade numa outra tela (como uma TV) de maneira remota.

Recursos de fonte em XML
A partir do Android O, as fontes serão um recurso totalmente suportado pelo sistema mobile da Google. Os aplicativos podem usar fontes em layouts XML e definir famílias de fontes em XML.

Ícones adaptivos
Os desenvolvedores agora podem criar ícones adpativos – com o do gif abaixo – que servem para integrá-los melhor com a interface de usuário do dispositivo utilizado. Será possível animar interações com ícones no launcher, em atalhos e nas configurações, entre outras telas.

Outros recursos
A Google ainda publicou sobre uma série de outros recursos, mas a maioria diz muito mais para desenvolvedores do que para usuários finais. Por exemplo, agora aplicativos de imagem podem tirar proveito de novos dispositivos que possuem displays capazes de exibir gamas de cores mais avançadas. O Android O ainda vai implementar suporte a codecs de alta qualidade de áudio via Bluetooth, como o LDAC.

Desde que o Chrome OS ganhou suporte a aplicativos Android, muitos usuários estão utilizando teclado para navegar por eles. Por causa disso, os desenvolvedores da equipe da Google estão focando em tornar a navegação via teclado nesses aplicativos em algo mais confiável.

Há ainda a nova API AAudio, criada para aplicativos que precisam de sons de alta performance e baixa latência. Assim como melhorias no WebView, suporte a novas APIs de linguagem JAVA e conserto de bugs.

via Adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *