WinDBG: Instalando e configurando

WinDBG é uma ferramenta da Microsoft necessário para carregar e analisar arquivos .dmp que são criados quando o Windows apresenta tela azul. A última versão do WinDBG permite o debug do Windows 10, Windows 8.1, Windows 7 e Windows Vista.
Essa é a continuação dos posts sobre memory leak que iniciamos a algum tempo, as outras partes podem ser acessadas aqui e aqui.

Baixando e Instalando o WinDBG

Primeiramente, confirme se você tem o .NET Framework 4.5.2 instalado, pois ele é necessário para rodar o WinDBG. Caso não, baixe aqui e instale antes de continuar.
2. Execute o sdksetup.exe e especifique o caminho da instalação (no exemplo foi usado o caminho default):

Instalando e Configurando WinDBG
3. Depois de aceitar o licence agreement, você deverá escolher as features para instalar. Selecione somente a opção Debugging Tools for Windows, como na imagem e clique em Install.

Instalando e Configurando WinDBG

4. As ferramentas de debugging serão baixadas e instaladas.
Instalando e Configurando WinDBG

Associar arquivos .dmp

 Se configurado corretamente, o Windows irá gravar informações em um arquivo .dmp quando o host apresentar tela azul. Para ver essas informações é necessário associar os arquivos .dmp com o software.
Abra um prompt de comando elevado, copie o texto abaixo, cole na janela do prompt e pressione enter para alterar o diretório para a pasta de instalação.
cd\Program Files (x86)\Windows Kits\8.1\Debuggers\x64\
Agora copie o texto abaixo, cole no cmd e pressione enter para fazer a associação.
windbg.exe -IA
Esse é o resultado dos comandos executados no prompt:

Instalando e Configurando WinDBG

Se tudo der certo, uma nova instancia em branco do WinDBG irá abrir com uma caixa de confirmação e após ele será fechado.

 

Configurando a pasta Symbol

A pasta symbol é o local onde o WinDBG procura pelos symbols cada vez que lê um binário no arquivo .dmp. Esse passo é critico para correta identificação do leak.
Você pode especificar qualquer local para criar um cache dos symbols baixados, mas é recomendável utilizar o local padrão.
1. Inicie uma instancia vazia do WinDBG através do:

Start > All Programs > Windows Kits > Debugging Tools for x64 > WinDBG (x64)

2. No painel do WinDBG, vá em:

File > Symbol File Path

3. Copie o texto abaixo, cole na janela Symbol Search Path e clique em OK.

SRV*C:\SymCache*http://msdl.microsoft.com/download/symbols

Instalando e Configurando WinDBG

O que isso significa:

  • Crie uma pasta chamada C:\SymCache.
  • Baixe novos symbols do site msdl e salve na pasta criada.

4. Salve o caminho definido para os symbols indo em:

File > Save WorkSpace

5. Feche o WinDBG.

Testando a Instalação

1. Baixe o arquivo .zip abaixo.

test.zip

2. Abra e clique duas vezes no arquivo .dmp.

3. O software deve abrir automaticamente e vai mostrar algum texto no workspace. Se for o primeiro arquivo .dmp lido no seu sistema, pode ser um pouco lento, mas não interrompa. O que está acontecendo é:

  • Uma pasta chamada Symcache está sendo criada no C:
  • Symbols estão sendo baixados e salvos na C:\Symcache

 

Pronto, agora você já consegue analisar arquivos .dmp através do WinDBG. Caso tenha dúvidas, comente ou envie um e-mail para contato@coisasdeti.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *