Kickass Torrents é fechado por autoridades americanas

As autoridades americanas fecharam o cerco ao site de compartilhamento de arquivos Kickass Torrents (também conhecido pela sigla KAT). O suposto dono do site, o polonês Artem Vaulin, foi preso em seu país natal e será extraditado para os Estados Unidos, enquanto diversas contas bancárias e domínios de internet atribuídos ao site foram fechados pela Corte Federal de Chicago.

O Kickass Torrents é um dos principais sites de distribuição de conteúdo via torrents, e de acordo com a corte americana é hoje o 69º site mais acessado da internet, movimentando em torno de 54 milhões de dólares. A estimativa é que entre shows, filmes, softwares e músicas, o site seja responsável pela distribuição ilegal de 1 bilhão de dólares em conteúdos com direitos autorais.

O site já vinha trabalhando com a ativação de novos domínios, da mesma forma como o The Pirate Bay fez diversas vezes, buscando manter o site no ar. A última migração, para o kat.cr, aconteceu em abril, e no momento que essa notícia foi escrita, estava fora do ar. De acordo com a justiça americana, a cooperação com a Polônia e a retirada do ar de todos os domínios do KAT mostra que “os cibercriminosos podem correr, mas não se esconder da justiça”.

A queda do Kickass Torrents é mais um capítulo da longa disputa de sites e plataformas de compartilhamento de arquivos e os donos dos direitos autorais desses conteúdos. Citando apenas alguns exemplos, essa disputa já envolveu no passado o Napster, KazaA, LimeWire, The Pirate Bay, MegaUpload e Popcorn Time. Mesmo com o cerco sobre os criadores dessas plataformas, e em muitos casos o fim de suas atividades na internet, essa maneira não tem se mostrado efetiva pois, como na metáfora utilizada pelo próprio TPB, é como combater uma hidra: “você corta uma cabeça, e surgem duas em seu lugar”.

via Adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *