Windows 10 vai usar IA para combater malware

O Fall Creators Update, próximo grande update do Windows 10, vai trazer novos recursos de proteção contra os ataques de malware que tem aparecido em número crescente no sistema, com invasões como o WannaCry e o Petya que afetam o mundo todo, causando prejuízos e até situações de risco para as pessoas, como no caso de sistemas de hospitais travando, por exemplo. É por isso que a Microsoft vai recorrer à Inteligência Artificial (IA) para turbinar o “Advanced Threat Protection” do Windows Defender.

Ver imagem no Twitter

Segundo a empresa, atualmente 96% dos ataques virtuais de malware usam softwares novos, o que torna difícil para os programas de proteção se manterem atualizados e detectarem novas ameaças. A implementação da IA vai tornar o sistema capaz de detectar programas maliciosos mesmo que eles nunca tenham sido registrados antes. Depois de reconhecer o malware, o sistema vai mandá-lo para a quarentena na nuvem e criar uma assinatura para ele, compartilhando a informação na rede e tornando mais ágil o registro de novos programas maliciosos e facilitando a detecção dele em todos os computadores com sistemas de segurança.

Esse novo recurso de segurança vai primeiro ser disponibilizado para a versão Enterprise do Windows 10, ou seja, para empresas. Ele chega junto com o Fall Creators Update, mas a Microsoft já tem planos de levar alguma versão da novidade para os usuários domésticos também depois que ela for implementada. Além disso, há inclusive planos de suportar até outras plataformas além do Windows com o Advanced Threat Protection.

via Adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *